Marketing no metaverso: mudanças e oportunidades para marcas

Marketing Digital
Marketing no metaverso: mudanças e oportunidades para marcas

Imagine um lugar onde você possa ser quem você quiser. Onde você possa explorar um espaço maior do que o real, mas com todo o conforto de sua casa. Um lugar onde você possa convidar amigos e se comunicar com eles em tempo real sobre qualquer assunto.

 

Você já conhece este lugar: é chamado de Internet.

 

Mas e se lhe disséssemos que havia mais? E se disséssemos que este universo virtual existe, e que as empresas já começaram a investir no desenvolvimento de novas plataformas nele? Bem, é verdade! Este lugar tem sido chamado de "o Metaverso" e vai mudar a indústria do marketing digital como a conhecemos.

 

Não é segredo que, no futuro, estaremos vivendo em um mundo onde nossas vidas físicas e virtuais estão misturadas. De todos os ângulos, esta é uma tendência que definitivamente será uma parte inevitável do nosso futuro. Portanto, se você ainda não está pensando sobre quais oportunidades e inovações serão possíveis quando todos nós vivermos neste novo ambiente - nós não o culpamos. Quem poderia adivinhar que haveria tanto potencial para o marketing digital?

 

Com certeza você já ouviu falar sobre o Metaverso. Principalmente após a mudança de nome do Facebook para Meta, o entusiasmo sobre esse assunto aumentou potencialmente.

 

É chamado de Metaverso porque é um universo virtual que inclui tudo, desde jogos online até mundos 3D online onde os usuários podem interagir uns com os outros e objetos digitais. O nome vem de dizer "meta" (além) e "universo" (a totalidade de tudo o que existe).

 

O que você já sabe sobre esse universo virtual já é inovador, então imagine só as mudanças e oportunidades que serão possíveis nesse ambiente. Neste artigo, fique por dentro do grande potencial do Metaverso para o Marketing digital, e porque empresas estão investindo dinheiro desenvolvendo novas plataformas nesse universo.

metaverso

 

Um universo virtual

 

Podemos definir o Metaverso como um universo virtual, paralelo e conectado à realidade, que podemos acessar por meio de dispositivos digitais.  Nesse ambiente, composto por conceitos de realidade virtual e realidade aumentada, temos uma estrutura imersiva com elementos sensoriais do mundo real.

 

Materializando, lembra do Pokemon Go, e as pessoas entretidas na captura de algo que via em seus celulares? O Metaverso propõe uma imersão mais profunda, com óculos inteligentes e outros dispositivos, mais funcionalidades para a conexão de comportamentos individuais de nossa realidade.

 

Para a realidade dos negócios, esse universo representa um novo espaço, uma nova jornada de compra e uma nova experiência de usuários. O relacionamento das marcas com seu público, terão um ambiente com mais possibilidades imersivas e hiper contextualizadas.

 

Metamarketing

 

Como o marketing se insere nesse ambiente? Não está tão distante a transposição de ambientes físicos para os digitais, no que se refere ao marketing. Outdoors, materiais impressos, anúncios de jornais e até mesmo a loja física, se tornaram peças digitais como anúncios, site e mídias em geral.

 

No Metaverso, é o momento de aprimorar essas peças a um ambiente hiper-realista, e altamente imersivo. Nele, a experiência do cliente e da compra serão ainda mais otimizadas. E claro, a forma de “fazer marketing” também sofrerá mudanças. Por exemplo, o que se espera do branding no Metaverso, são novas possibilidades e formatos em espaços online, venda de produtos, linguagem, arte digital, tudo isso deverá ser modificado ao novo ambiente.

 

Uma abordagem nova, uma nova forma de consumir, vender, se comunicar, e ser encontrado.

 

Por que as marcas estão migrando para o Metaverso?

 

Primeiramente, porque estamos vendo hoje a “morte” de empresas não digitalizadas. Sobretudo com a pandemia, vimos que o ambiente físico não sustenta uma empresa em tempo de Millennials e Geração Y. Mas além disso, a novidade, o futuro, o engajamento de empresas a novas tecnologias, direcionam as empresas a darem um passo adiante.

 

A Nike anunciou recentemente o lançamento do seu próprio mundo virtual, inspirado no metaverso, na plataforma Roblox, tendo como base de usuários crianças, adolescentes e jovens. O ambiente denominado “Nikeland”, permite aos jogadores equipar seus avatares com produtos Nike em sua versão digital, além da interação em jogos esportivos gratuitos.

 

Ser meta, ilustra o potencial criativo das marcas nesse novo espaço, e engaja o público de maneira efetiva, levando experiências a uma outra realidade, e pontuando sua marca como inovadora, e corajosa em se colocar em um novo contexto.

 

Por onde começar?

 

Criatividade é a chave! Assim como uma das principais ferramentas do marketing, para migrar a esse universo, é importante pensar diferente ao invés de apenas reproduzir o mundo real.  Entender o seu consumidor, e como melhorar a experiência dele no metaverso pode ser um diferencial, e uma oportunidade.

 

Hoje, movidos pela curiosidade, a experiência sensorial e a novidade são um passo para a aposta futura. E pensando que, já migramos para o digital, nos “desacostumando” do modo de compra e venda tradicionais, podemos esperar grandes mudanças em nossos processos futuros.

 

 

São essas nossas primeiras perspectivas acerca do marketing no metaverso, mas sempre abertos pelas novas possibilidades que podem ser desenvolvidas. Estamos atentos e criativos para não perder nenhuma delas!

 

O que você acha disso tudo, e como imagina sua empresa nesse universo?


Nós somos uma agência digital de alto padrão para grandes ideias de negócios.

Transformamos negócios complexos em soluções claras, resolvendo problemas de marketing e comunicação com inteligência, criatividade e atenção aos detalhes.

Como podemos te ajudar agora?